Nº DE 2017

AGENDA DAS FILIADAS

ULEPICC-br

A União Latina de Economia Política da Informação da  Comunicação e da Cultura – Brasil (Ulepicc-Br) apoiou a realização de dois importantes eventos da área. O I Colóquio de Economia Política da Comunicação e da Cultura, realizado no dia 10 de abril na Fundação Casa de Rui Barbosa e que consolida um importante diálogo entre as duas entidades, contou com a participação de Marcia Correa e Castro, da FioCruz e Octávio Pieranti, do Lecotec e como mediador Adilson Cabral, da UFF, teve como temática “a televisão brasileira e os produtos culturais”.
 
Já o  XV Seminário Obscom/Cepos, realizado nos dias 19 e 20 de abril, foi promovido  pelo Observatório de Economia e Comunicação (OBSCOM) e o Grupo de Pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade (CEPOS) sediados na Universidade Federal de Sergipe, e  demonstra não somente a vitalidade e importância do grupo de Sergipe na consolidação da EPC, como a necessidade de se discutir temas muitas vezes pouco presentes nos eventos da área. Na ocasião pesquisadores do Brasil, Moçambique e Cuba puderam estar presentes e debater a temática “Economia Política, Comunicação e Africanidades”
 
 
Mais informações sobre os eventos podem ser obtidas nos endereços: http://www.ulepicc.org.br/i-coloquio-epcc-rj/ e http://eptic.com.br/
 

Siga-nos

AGENDA DAS FILIADAS

ULEPICC-br

A União Latina de Economia Política da Informação da  Comunicação e da Cultura – Brasil (Ulepicc-Br) apoiou a realização de dois importantes eventos da área. O I Colóquio de Economia Política da Comunicação e da Cultura, realizado no dia 10 de abril na Fundação Casa de Rui Barbosa e que consolida um importante diálogo entre as duas entidades, contou com a participação de Marcia Correa e Castro, da FioCruz e Octávio Pieranti, do Lecotec e como mediador Adilson Cabral, da UFF, teve como temática “a televisão brasileira e os produtos culturais”.
 
Já o  XV Seminário Obscom/Cepos, realizado nos dias 19 e 20 de abril, foi promovido  pelo Observatório de Economia e Comunicação (OBSCOM) e o Grupo de Pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade (CEPOS) sediados na Universidade Federal de Sergipe, e  demonstra não somente a vitalidade e importância do grupo de Sergipe na consolidação da EPC, como a necessidade de se discutir temas muitas vezes pouco presentes nos eventos da área. Na ocasião pesquisadores do Brasil, Moçambique e Cuba puderam estar presentes e debater a temática “Economia Política, Comunicação e Africanidades”
 
 
Mais informações sobre os eventos podem ser obtidas nos endereços: http://www.ulepicc.org.br/i-coloquio-epcc-rj/ e http://eptic.com.br/