DE 2017

Espaço Aberto

Facom/UFJF vai sediar o Mídia Cidadã 2017

A Facom – Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora vai sediar de 25 a 27 de outubro a XII Conferência Brasileira de Mídia Cidadã, promovida pela Cátedra Unesco/Metodista de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e pela Rede Brasileira de Mídia Cidadã. Os organizadores do encontro lembram que, “em meio a sucessivas crises políticas e institucionais, que afetam gravemente conquistas democráticas obtidas nos últimos anos, temos o desafio de realizar mais este evento, que reúne pesquisadores e comunicadores que estudam e praticam uma comunicação voltada para a defesa de uma sociedade igualitária e mais justa”.

O prazo para inscrições de trabalhos e de relatos de experiências em mídia cidadã vai até de 24 de setembro. Mais informações sobre o evento estão disponíveis em www.ufjf.br/midiacidada2017.

 

 

No caso de aceito o trabalho, para apresentação o pagamento deverá ser feito antes do início do evento, até o dia 13/10.

 

O evento acolhe as seguintes propostas de apresentação de trabalho:

 

Comunicações Científicas: destinadas a estudantes de cursos de pós-graduação, mestres/as, doutores/as e profissionais. Poderá ser inscrito um trabalho por autor/a (outras Comunicações Científicas somente como co-autor/a, sem limite de participação)

 

Relatos de Pesquisa: voltada para estudantes dos cursos de graduação ou pós-graduação. Oportunidade para compartilhar dúvidas e buscar interlocução, em diversas etapas de pesquisa.

 

Relatos de Experiência: destinados a integrantes de movimentos sociais organizados, organizações não governamentais, instituições públicas e privadas que possuem práticas de mídia cidadã, para  discussão das experiências em mídia cidadã desenvolvidas pela comunidade.

 

Painéis temáticos - interessadas/os em propor painéis temáticos, relacionados à questão da mídia cidadã, que reúnam de três a seis participantes, podem encaminhar sua proposta, especificando tema do painel e breve descrição do assunto a ser desenvolvido por cada participante. Podem estar compostos por ativistas de movimentos sociais, profissionais, membros das comunidades, acadêmicos/as, de forma livre. A organização do evento informará, nos prazos determinados, a aceitação ou não, em função da relação com a questão da mídia cidadã e o número de painéis propostos. Todos/as os/as integrantes a participarem dos painéis, da mesma forma como os demais trabalhos, devem realizar inscrição na Conferência.

 

Mostra de Vídeo Cidadão - Vídeos relacionados à comunicação e cidadania, produzidos em distintas situações (por movimentos sociais, estudantes, profissionais, organizações não governamentais, etc.), podem ser inscritos na Mostra, recomendando-se que tenham até 20 minutos. A Mostra de Vídeo ocorrerá em sessões previamente definidas durante a programação do evento.

 

Feira de Mídia Cidadã - A ser realizada durante todo o evento, na forma de posteres, exposição das próprias mídias ou outros formatos a serem propostos pelos/as interessados/as.

Siga-nos

Espaço Aberto

Facom/UFJF vai sediar o Mídia Cidadã 2017

A Facom – Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora vai sediar de 25 a 27 de outubro a XII Conferência Brasileira de Mídia Cidadã, promovida pela Cátedra Unesco/Metodista de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e pela Rede Brasileira de Mídia Cidadã. Os organizadores do encontro lembram que, “em meio a sucessivas crises políticas e institucionais, que afetam gravemente conquistas democráticas obtidas nos últimos anos, temos o desafio de realizar mais este evento, que reúne pesquisadores e comunicadores que estudam e praticam uma comunicação voltada para a defesa de uma sociedade igualitária e mais justa”.

O prazo para inscrições de trabalhos e de relatos de experiências em mídia cidadã vai até de 24 de setembro. Mais informações sobre o evento estão disponíveis em www.ufjf.br/midiacidada2017.

 

 

No caso de aceito o trabalho, para apresentação o pagamento deverá ser feito antes do início do evento, até o dia 13/10.

 

O evento acolhe as seguintes propostas de apresentação de trabalho:

 

Comunicações Científicas: destinadas a estudantes de cursos de pós-graduação, mestres/as, doutores/as e profissionais. Poderá ser inscrito um trabalho por autor/a (outras Comunicações Científicas somente como co-autor/a, sem limite de participação)

 

Relatos de Pesquisa: voltada para estudantes dos cursos de graduação ou pós-graduação. Oportunidade para compartilhar dúvidas e buscar interlocução, em diversas etapas de pesquisa.

 

Relatos de Experiência: destinados a integrantes de movimentos sociais organizados, organizações não governamentais, instituições públicas e privadas que possuem práticas de mídia cidadã, para  discussão das experiências em mídia cidadã desenvolvidas pela comunidade.

 

Painéis temáticos - interessadas/os em propor painéis temáticos, relacionados à questão da mídia cidadã, que reúnam de três a seis participantes, podem encaminhar sua proposta, especificando tema do painel e breve descrição do assunto a ser desenvolvido por cada participante. Podem estar compostos por ativistas de movimentos sociais, profissionais, membros das comunidades, acadêmicos/as, de forma livre. A organização do evento informará, nos prazos determinados, a aceitação ou não, em função da relação com a questão da mídia cidadã e o número de painéis propostos. Todos/as os/as integrantes a participarem dos painéis, da mesma forma como os demais trabalhos, devem realizar inscrição na Conferência.

 

Mostra de Vídeo Cidadão - Vídeos relacionados à comunicação e cidadania, produzidos em distintas situações (por movimentos sociais, estudantes, profissionais, organizações não governamentais, etc.), podem ser inscritos na Mostra, recomendando-se que tenham até 20 minutos. A Mostra de Vídeo ocorrerá em sessões previamente definidas durante a programação do evento.

 

Feira de Mídia Cidadã - A ser realizada durante todo o evento, na forma de posteres, exposição das próprias mídias ou outros formatos a serem propostos pelos/as interessados/as.