Nº51 - MAIO DE 2018

Socicom Informa

Maria Ataíde Malcher é eleita representante das Humanidades no Conselho Deliberativo do CNPq

A nova representante das Humanidades no Conselho Deliberativa foi escolhida pelo CNPq a partir de uma lista tríplice onde várias entidades das Humanidades indicaram nomes para a sua formação. Participaram da lista os professores Dora Fix (psicologias Experimental/USP) e João Ferreira de Oliveria (Práticas Educativas - UFG).
 
Segundo o presidente da Socicom, a indicação de Maria Ataíde representa a continuidade, nesse Conselho, de um representante "das comunicações" que representa uma grande conquista para a área e expressa o reconhecimento do trabalho sério e compromissado da professora. O representante da área de Humanidades entre 2016-2018 foi o professor da UFRJ  Muniz Sodré.
 
O Conselho Deliberativo é a maior instância de poder decisório do CNPq, sendo formado pelo presidente da Instituição, pelo secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e representantes da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), das comunidades científica, tecnológica e empresarial e dos servidores do CNPq.
 
Entre as competências do  Conselho Deliberativo (CD) estão a de formular propostas para o desenvolvimento científico e tecnológico do País; apreciar a programação orçamentária e definir critérios orientadores das ações da entidade; aprovar as normas de funcionamento dos colegiados, a composição dos comitês de assessoramento e o relatório anual de atividades.
 
Doutora e mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), Maria Ataíde é professora associada da UFPA, líder do Grupo de Pesquisa em Processos de Comunicação (Pespcom). Coordena o Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Multimídia da Assessoria de Educação a Distância (AEDi-UFPA) e o projeto Matriz Comparativa de Pesquisas Qualitativas com Usuários de Tecnologias Digitais. Integra também o comitê gestor Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPTC), a equipe de coordenação do Projeto Newton e o grupo de pesquisa Pensamento Comunicacional Latino-Americano. 
 
Em entrevista ao Informativo Socicom, a professora Maria Ataíde disse que receber o telefonema do presidente do CNPq informando a sua nomeação foi um dos momentos mais marcantes da sua trajetória acadêmica. “Fiquei extremamente emocionada, pelo que isso representa. Ser indicada em primeira instância pelos meus pares, termos conseguido a adesão de outras áreas no âmbito das Humanidades, que confiaram a nós seus votos, ser uma pesquisadora mulher, de uma universidade no Norte do país, fora do eixo consolidado, é de fato algo muito significativo, declarou a Maria Ataíde. 
 
 A representante da área de Humanidades entende que há muito a ser feito diante de tantas adversidades vivenciadas pela Ciência, Tecnologia e Inovação nos últimos tempos. “Essa nomeação me dá folego para seguir trabalhando firme para fortalecer nossas instituições, sempre de forma orientada ao coletivo”, afirmou.
 
Repercussão 
 
Em listas de entidades científicas da área de comunicação, pesquisadores manifestaram satisfação com a escolha da professora Maria Ataíde Malcher: 
 
Fiquei muito, muito feliz com sua nomeação. É o Norte do Brasil marcando seu merecido espaço no âmbito da pesquisa e muito bem representado. 
 Maria Cristina Gobbi ( UNESP- Bauru)
 
Pesquisadora séria, comprometida, hiper conectada com outras áreas. Preocupada com o social e com o desenvolvimento da ciência no Brasil. Fiquei muito feliz com esta nomeação.
Marcia Benetti (Fabico-UFRGS)
 
Parabéns pela confirmação do seu nome no CD do CNPq e muito contente pela possibilidade de continuarmos com alguém da Comunicação no referido Conselho. Parabéns e obrigada ao Muniz pelo período de seu mandato no CD.
Cicilia M.Krohling Peruzzo (Presidente da ABPCom) 
 
Além do reconhecimento merecido ao trabalho e à dedicação da profa. Ataíde, também de parabéns a UFPA, o Norte do Brasil, descentralizando as representações de poderes... Viva!!!
Maria Erica de Oliveira (UFC)
 

Siga-nos

Socicom Informa

Maria Ataíde Malcher é eleita representante das Humanidades no Conselho Deliberativo do CNPq

A nova representante das Humanidades no Conselho Deliberativa foi escolhida pelo CNPq a partir de uma lista tríplice onde várias entidades das Humanidades indicaram nomes para a sua formação. Participaram da lista os professores Dora Fix (psicologias Experimental/USP) e João Ferreira de Oliveria (Práticas Educativas - UFG).
 
Segundo o presidente da Socicom, a indicação de Maria Ataíde representa a continuidade, nesse Conselho, de um representante "das comunicações" que representa uma grande conquista para a área e expressa o reconhecimento do trabalho sério e compromissado da professora. O representante da área de Humanidades entre 2016-2018 foi o professor da UFRJ  Muniz Sodré.
 
O Conselho Deliberativo é a maior instância de poder decisório do CNPq, sendo formado pelo presidente da Instituição, pelo secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e representantes da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP), das comunidades científica, tecnológica e empresarial e dos servidores do CNPq.
 
Entre as competências do  Conselho Deliberativo (CD) estão a de formular propostas para o desenvolvimento científico e tecnológico do País; apreciar a programação orçamentária e definir critérios orientadores das ações da entidade; aprovar as normas de funcionamento dos colegiados, a composição dos comitês de assessoramento e o relatório anual de atividades.
 
Doutora e mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), Maria Ataíde é professora associada da UFPA, líder do Grupo de Pesquisa em Processos de Comunicação (Pespcom). Coordena o Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Multimídia da Assessoria de Educação a Distância (AEDi-UFPA) e o projeto Matriz Comparativa de Pesquisas Qualitativas com Usuários de Tecnologias Digitais. Integra também o comitê gestor Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPTC), a equipe de coordenação do Projeto Newton e o grupo de pesquisa Pensamento Comunicacional Latino-Americano. 
 
Em entrevista ao Informativo Socicom, a professora Maria Ataíde disse que receber o telefonema do presidente do CNPq informando a sua nomeação foi um dos momentos mais marcantes da sua trajetória acadêmica. “Fiquei extremamente emocionada, pelo que isso representa. Ser indicada em primeira instância pelos meus pares, termos conseguido a adesão de outras áreas no âmbito das Humanidades, que confiaram a nós seus votos, ser uma pesquisadora mulher, de uma universidade no Norte do país, fora do eixo consolidado, é de fato algo muito significativo, declarou a Maria Ataíde. 
 
 A representante da área de Humanidades entende que há muito a ser feito diante de tantas adversidades vivenciadas pela Ciência, Tecnologia e Inovação nos últimos tempos. “Essa nomeação me dá folego para seguir trabalhando firme para fortalecer nossas instituições, sempre de forma orientada ao coletivo”, afirmou.
 
Repercussão 
 
Em listas de entidades científicas da área de comunicação, pesquisadores manifestaram satisfação com a escolha da professora Maria Ataíde Malcher: 
 
Fiquei muito, muito feliz com sua nomeação. É o Norte do Brasil marcando seu merecido espaço no âmbito da pesquisa e muito bem representado. 
 Maria Cristina Gobbi ( UNESP- Bauru)
 
Pesquisadora séria, comprometida, hiper conectada com outras áreas. Preocupada com o social e com o desenvolvimento da ciência no Brasil. Fiquei muito feliz com esta nomeação.
Marcia Benetti (Fabico-UFRGS)
 
Parabéns pela confirmação do seu nome no CD do CNPq e muito contente pela possibilidade de continuarmos com alguém da Comunicação no referido Conselho. Parabéns e obrigada ao Muniz pelo período de seu mandato no CD.
Cicilia M.Krohling Peruzzo (Presidente da ABPCom) 
 
Além do reconhecimento merecido ao trabalho e à dedicação da profa. Ataíde, também de parabéns a UFPA, o Norte do Brasil, descentralizando as representações de poderes... Viva!!!
Maria Erica de Oliveira (UFC)