VIII Seminário de Integração Institucional Socicom, na ECA-USP

 

No dia 09 de dezembro aconteceu o VIII Seminário de Integração Institucional Socicom (Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação). O evento ocorreu na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP).

Na mesa de abertura estiveram a professora Margarida Maria Krohling Kunsch, diretora da ECA e presidente da Socicom durante o biênio 2014-2016, além do professor José Marques de Melo, professor emérito da ECA e um dos idealizadores da Socicom, e da professora Vanderlan Bolzani, vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Vanderlan Bolzani proferiu a palestra “A contribuição da SBPC para o desenvolvimento da Ciência & Tecnologia no Brasil”; falando sobre a importância das comunidades científicas de comunicação e o trabalho que a Socicom vem fazendo. A vice-presidente se mostrou solícita quanto a colaboração entre as duas entidades e solicitou que seja enviado a ela os tópicos que a Socicom julgue ser importantes para a SPBC tratar. Além disso, Bolzani também se mostrou preocupada com o atual retrocesso e desvalorização da ciência no Brasil.

(Foto: Haline Floriano)

 

O professor José Marques de Melo, presidente do Conselho Deliberativo da gestão 2014-2016 da Socicom, apresentou o livro Mutações na Comunicação: ampliando as fronteiras do Jornalismo Luiz Beltrão.

A obra é o nono volume da coleção beltranianas. 

A professora Maria Cristina Gobbi, da UNESP, apresentou um panorama sobre as contribuições das associações científicas e acadêmicas de Comunicação nos avanços e fortalecimento das áreas das Ciências da Comunicação no Brasil. As associações científicas têm desempenhado importante papel no desenvolvimento das áreas de Comunicação no Brasil e uma participação efetiva na constituição de associações ibero-americanas.

Posteriormente, Margarida Kunsch e Ruy Sardinha (que foi eleito presidente da Socicom para o biênio 2016-2018) falaram sobre “as frentes de atuação e perspectivas para o fortalecimento do campo das Ciências da Comunicação no Brasil”. 

 

(Foto: Eduardo Peñuela/Susano Sato)